• LICENCIATURA EM COMPUTA플O - LICENCIATURA
  • CALEND핾IO
NOME DO CURSO LICENCIATURA EM COMPUTA플O NVEL GRADUA플O GRAU LICENCIATURA INICIO DO CURSO 03/2004 CONCEITO DO CURSO ENADE: CEE/AM: PERIODICIDADE SEMESTRAL INTEGRALIZA플O 8 PERODOS
SELECIONE O MUNICPIO
UNIDADE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA
TURNO VESPERTINO MODALIDADE PRESENCIAL NMERO DE CRDITOS 16 CARGA HOR핾IA MNIMA 3305 EM EXTIN플O? N홒 PARFOR? N홒 CDIGO DO INEP
  • Peridicos da CAPES
  • Coordena豫o de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel Superior

APRESENTA플O

SOBRE O CURSO Objetivo Geral

O curso tem por objetivo formar profissionais capacitados a exercer atividades de docncia voltadas para o ensino em Computa豫o e Informtica de acordo com os princpios estabelecidos pela Lei de Diretrizes e Bases (Lei n. 9.394, de 20.12.1996 LDB), que dispe amplamente sobre a educa豫o brasileira. Alm de formar profissionais para exercer as atividades de apoio tecnolgico ao ensino, nas diversas reas do conhecimento e docncia voltadas ao ensino de Cincia da Computa豫o, nos nveis de Educa豫o Bsica e Tcnico e suas modalidades ou, ainda, forma豫o de usurios para uso de sistemas computacionais nas organiza寤es, exercendo suas atividades com viso educacional, cientfica, crtica e reflexiva, de forma que, possam fazer uso de recursos computacionais como apoio no processo de ensino aprendizagem. Tambm visa, formar profissionais capazes de desenvolver tecnologias educacionais fazendo uso da interdisciplinaridade e introduzindo conceitos didtico-pedaggicos, permitindo uma intera豫o humano-computador apropriada para o contexto educacional.

Objetivos Especficos

Baseado nas concep寤es das Diretrizes Curriculares Nacionais para Cursos de Licenciatura em Computa豫o e no objetivo geral do curso, os objetivos especficos, direcionam a formar profissionais que atendam as habilidades e competncias desejveis para a forma豫o. Assim, os objetivos especficos do curso de Licenciatura em Computa豫o da UEA so:

Formar professores na rea de computa豫o capazes de fazer uso de Tecnologias da Computa豫o e Informtica aplicando educa豫o de maneira interdisciplinar, de forma a promover articula豫o, em diferentes contextos de aprendizagem, entre as mais diversas reas do conhecimento;

Formar educadores com capacidade de aplicar, de maneira criativa e efetiva, a computa豫o e suas tecnologias nos processos de planejamento e gesto do ensino e aprendizagem nas escolas e nas organiza寤es;

Desenvolver competncia para contribuir para a produ豫o de conhecimentos e para a docncia multidisciplinar e especializada na rea de computa豫o.

Proporcionar aos seus acadmicos uma slida forma豫o em Cincia da Computa豫o, Matemtica e Educa豫o, de maneira que possam ser capazes de desenvolver Tecnologias Educacionais aplicando conceitos pedaggicos e interdisciplinares.

Possibilitar a forma豫o de profissionais com competncias para desenvolver, avaliar, qualificar e validar produtos e servios de computa豫o e tecnologias educacionais aplicando concep寤es pedaggicas adequadas, de maneira que ofeream solu寤es computacionais inovadoras, contextualizada e significativa s necessidades das organiza寤es.

Despertar nos seus acadmicos uma viso crtica e reflexiva, estimulando a criatividade e investiga豫o cientfica com compromisso tico e responsabilidade com os problemas sociais e culturais.

핾EAS DE ATUA플O O profissional Licenciado em Computa豫o ter como principal ambiente de trabalho escolas pblicas ou privadas, que trabalham com ensino bsico, tcnico e suas modalidades; Empresas de desenvolvimento e pesquisa voltadas a tecnologias educacionais; Ou organiza寤es, fazendo parte de equipes de elabora豫o de materiais instrucionais, objetos de ensino-aprendizagem ou treinamento para uso de tecnologias da informa豫o.

Quanto rea de atua豫o, o Licenciado em Computa豫o estar apto para atuar como:

Professor da rea de Computa豫o, em escolas pblicas ou privadas, nos nveis de educa豫o bsica e tcnica e suas modalidades;

Professor de apoio no uso de softwares educacionais para as mais diversas reas do conhecimento em atividades de laboratrio;

Responsvel pelas atividades de informtica educacional nas escolas;

Analista consultor visando ao apoio tomada de decises, considerando o contexto educacional e organizacional, os recursos e possibilidades de aplica豫o da tecnologia da informa豫o;

Gestor de tecnologias educacionais, visando o planejamento e gerncia dos processos educacionais e de tecnologia da informa豫o, estabelecendo-se os critrios de sele豫o de recursos de forma integrada s necessidades dos indivduos e das organiza寤es;

Analista de domnio para a modelagem de conhecimento e automa豫o de processos de ensino e aprendizagem em ambientes educacionais, de educa豫o corporativa, de produtos e servios de educa豫o assistida por computador;

Analista e projetista de sistemas para o levantamento de requisitos, modelagem, especifica豫o, projeto, implementa豫o, valida豫o, implanta豫o e manuten豫o de sistemas de automa豫o no domnio educacional;

Analista de suporte de ambientes e sistemas computacionais para apoio solu豫o de problemas educacionais em contextos organizacionais, educacionais e profissionais.

PERFIL DO PROFISSIONAL O curso de Licenciatura em Computa豫o da UEA tem o perfil do egresso baseado no parecer CNE/CES 136/2012 que trata das DCN dos cursos de Computa豫o e na Resolu豫o CNE/CP n. 1/2002, que institui as DCN para a forma豫o de professores da Educa豫o Bsica. Assim, o profissional formado no curso Licenciatura em Computa豫o da UEA deve atender um perfil geral da 햞ea de Computa豫o e um perfil especfico da Licenciatura em Computa豫o.

Com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais CNE/CES No 136/2012 o curso de Licenciatura em Computa豫o assegura a forma豫o de egressos dotados:

1. do Conhecimento das questes sociais, profissionais, legais, ticas, polticas e humansticas;
2. da compreenso do impacto da computa豫o e suas tecnologias na sociedade no que concerne ao entendimento e antecipa豫o estratgica das necessidades da sociedade;
3. da viso crtica e criativa na identifica豫o e resolu豫o de problemas contribuindo para o desenvolvimento de sua rea;
4. da capacidade de atuar de forma empreendedora, abrangente e cooperativa no atendimento s demandas sociais da regio aonde atua, do Brasil e do mundo;
5. da capacidade de utilizar racionalmente os recursos disponveis de forma transdisciplinar;
6. da compreenso das necessidades da contnua atualiza豫o e aprimoramento de suas competncias e habilidades;
7. da capacidade de reconhecer a importncia do pensamento computacional na vida cotidiana, como tambm sua aplica豫o em outros domnios e ser capaz de aplic-lo em circunstncias apropriadas;e
8. da capacidade de atuar no mundo globalizado do trabalho.

Perfil Especfico do Egresso

Levando em considera豫o a flexibilidade necessria para atender domnios diversificados de aplica豫o e as voca寤es institucionais, espera-se que os egressos dos cursos de licenciatura em Computa豫o, alm de atenderem ao perfil geral previsto para os egressos dos cursos de Forma豫o de Professores para a Educa豫o Bsica, estabelecido por meio da Resolu豫o CNE/CP no 1/2002:

1. Possuam slida forma豫o em Cincia da Computa豫o, Matemtica e Educa豫o visando o ensino de Cincia da Computa豫o nos nveis da Educa豫o Bsica e Tcnico e suas modalidades e a forma豫o de usurios da infraestrutura de software dos Computadores, nas organiza寤es;
2. Possuam capacidade de fazer uso da interdisciplinaridade e introduzir conceitos pedaggicos no desenvolvimento de Tecnologias Educacionais, permitindo uma intera豫o humano-computador inteligente, visando o ensino-aprendizagem assistidos por computador, bem como nas intera寤es de educa豫o distncia;
3. Sejam capazes de agir de forma reflexiva na constru豫o de software, compreendendo o seu impacto direto ou indireto sobre as pessoas e a sociedade;
4. Entendam o contexto social no qual a constru豫o de Software praticada, bem como os efeitos dos projetos de software na sociedade;
5. Entendam os aspectos econmicos e financeiros, associados a novos produtos e organiza寤es;
6. Entendam a importncia da inova豫o e da criatividade e compreendam as perspectivas de negcios e oportunidades relevantes.

SITUA플O LEGAL ATO DE CRIA플O: Lei Delegada N. 42 de 29 de julho de 2005, publicada no DOE de 29/07/2005.

ATO DE RECONHECIMENTO:

COORDENA플O
NOME E-MAIL CARGO FONE FAX
ALMIR DE OLIVEIRA COSTA JUNIOR ADJUNIOR@UEA.EDU.BR COORDENADOR (92) 3878-4329